Bioplastia: o que é?

Clínica de Bioplastia Facial e Bioplastia Corporal

 

Bioplastia: Procedimento que tem por definição ser uma plástica sem cortes nem cirurgia, realizada por meio do implante de materiais biocompatíveis em planos anatômicos profundos, por um processo minimamente invasivo.

simetria facialNa bioplastia é utilizado o polimetilmetacrilato (PMMA), uma substância biocompatível com o corpo e de permanência definitiva. O PMMA é implantado através de um pertuito (pequeno orifício) por onde será introduzida uma microcânula, espécie de agulha com a ponta arredondada, com a finalidade de não causar lesões aos vasos sanguíneos e nervos.

Todo o processo da bioplastia é realizado sob anestesia local e no próprio consultório médico, o que cria a possibilidade do paciente acompanhar passo a passo do processo, diante de um espelho. O resultado é visto imediatamente após a bioplastia, sem a necessidade de inúmeras sessões.

É importante ressaltar que, ainda que o paciente possa acompanhar o procedimento, a palavra final deve ser do médico, visto que este tem noção completa das possibilidades de intervenção do corpo de cada paciente. Com essa segurança, evita-se que se criem linhas exageradas ou fora de conformidade com o restante do corpo.

O PMMA:

Algumas características fundamentais desse produto é a regularidade de sua superfície e o seu tamanho, que varia de 40 a 50 micras de diâmetro, isso significa que é maior que um macrófago, o que impede que o organismo faça a absorção, por essa razão a bioplastia é uma plástica definitiva.

Para se ter uma noção da presença que esse produto terá no corpo de modo a dar forma, cada mililitro possui mais ou menos oito (8) milhões de microesferas de PMMA. Para que as mesmas atinjam planos mais profundos, é utilizado um gel líquido como veículo que, por sua vez, será totalmente absorvido em pouco tempo pelo organismo.

Este gel tem, ainda, a importante função de não permitir que as esferas de PMMA se agrupem, para que assim cada uma delas receba individualmente um invólucro produzido pelo organismo. Esta capa que se forma é rica em colágeno, por isso o PMMA é conhecido também como estimulador do colágeno.

O procedimento de bioplastia permite o preenchimento de diferentes regiões do corpo, de modo que cada aplicação possui finalidades específicas. As regiões mais conhecidas para o procedimento são a bioplastia facial em sua totalidade (tratamento chamado de harmonização facial); e a bioplastia de glúteos, que busca aumentar o volume, bem como, deixá-los mais elevados (empinados).

Como vimos, a bioplastia é um procedimento onde são utilizados produtos definitivos, não permitindo a absorção do mesmo pelo organismo, que se adapta ao material biocompatível. No entanto, se tratando de um procedimento de tamanha permanência, existe a alternativa de realizar os mesmos procedimentos que são feitos na bioplastia, porém, com uso de produtos absorvíveis, como o ácido hialurônico.

Bioplastia corporal:

A bioplastia permite que diversas regiões do corpo sejam tratadas com a intenção de harmonizar com o restante do corpo. Porém, todo e qualquer procedimento médico necessita de uma minuciosa avaliação, feita aos olhos de profissionais qualificados. É importante que se respeite as linhas naturais do corpo de cada paciente, uma vez que se sabe que não existem duas pessoas iguais no mundo.

Esses cuidados devem ser tomados de modo a evitar exageros em relação às proporções que compõem o corpo de um indivíduo. Na bioplastia, especificamente, é preciso que se avalie e explique para o paciente, quais são as reais possibilidades referentes à região e quantidade de produto, antes que se inicie um tratamento.

Bioplastia de glúteos:

Entre os procedimento de bioplastia mais procurados está a bioplastia de glúteos. Com ela é possível modelar a região glútea por meio de algumas alterações, como redefinir sua forma, elevar e aumentar seu volume.

A bioplastia de glúteos e realizada com produto definitivo, ou seja, não é absorvido pelo organismo. Com esse tratamento é possível preencher a depressão trocantérica, situada na lateral do bumbum, considerada por muitas mulheres como um aspecto desfavorável.

Procurada por pessoas de todo o Brasil, a bioplastia de glúteos pode ser realizada ambulatorialmente e com utilização de anestesia local. Além disso, pode ser associada a outros tratamentos, como os de combate à celulite avançada. Em conjunto com a técnica de subcisão, a bioplastia de glúteos pode minimizar o aspecto de "casca de laranja" na pele.

Bioplastia de mãos:

Com o passar dos anos, as mãos vão perdendo tecido conjuntivo e a pele tende a ficar mais e, muitas vezes, manchada. Aos poucos, elas começam a revelar veias e tendões, de modo que a bioplastia de mãos vai atuar repondo esse volume perdido e diminuindo o aspecto senil.

No processo de rejuvenescimento, a bioplastia de mãos pode ser associada a tratamentos como peelings e laser, para tratar as manchas.

Bioplastia peitoral:

O preenchimento da região peitoral é indicado para pacientes que sofrem com a hipotrofia do músculo peitoral, conhecida como Síndrome de Poland. Essa agenesia do músculo peitoral leva a uma desproporção em relação ao resto do corpo.

Além disso, esse constitui um problema que dificilmente seja compensado por exercícios físicos. Dessa forma, a bioplastia peitoral pode preencher essa depressão de forma objetiva e em uma única sessão.

Bioplastia em lipodistrofia:

Os pacientes com soropositivo podem ser beneficiados com o uso da bioplastia. Em razão do uso da medicação retroviral receitada para os portadores de HIV, ocorre a perda de volumes em regiões como a face. Por se tratar de uma parte do corpo que está a maior parte do tempo exposta, a bioplastia se torna uma alternativa para o preenchimento das zonas afetadas.

Nesses casos, o procedimento tem sido uma opção bastante procurada, também, por não submeter o paciente fragilizado ao ambiente hospitalar, a cirurgias e a anestesia geral. Todo o procedimento é realizado no consultório onde é utilizada a anestesia local.

Bioplastia facial:

A bioplastia facial tem uma atuação muito presente em diversas regiões do rosto. Com ela é possível realçar traços, tornando-os mais evidentes. Na bioplastia facial é viável alterar o ângulo e o tamanho do nariz, realçar a linha da mandíbula, entre outras possibilidades.

Com o preenchimento de lábios se reforça os contornos, podendo deixá-los mais carnudos e proeminentes. Outro exemplo é a bioplastia de maçã do rosto, onde se busca reforçar os ângulos perdidos com o tempo.

Bioplastia de nariz:

A bioplastia de nariz permite fazer uma pequena elevação na ponta nasal, tornando-o mais empinado. É possível projetar sua ponta e atuar no dorso nasal.

No procedimento para levantar a ponta nasal é feito um sustentáculo por meio de um pertuito na base com uma agulha rosa, onde será introduzida a microcânula em direção à espinha anterior.

Bioplastia labial:

A bioplastia para preenchimento labial é uma precedimento muito procurado há bastante tempo. É comum que muitas mulheres procurem ter lábios mais carnudos, ou seja, mais volumosos. O preenchimento labial cria a possíbilidade reforçar essas características em uma sessão.

Nessa região, geralmente, são utilizados produtos absorvíveis como o ácido hialurônico, com duração de em média um (1) ano. Essa escolha se deve, também, ao fato de estes produtos terem a consistência mais próxima da natural dos lábios.

Bioplastia linha da mandíbula:

A bioplastia na linha da mandíbula ajuda a criar ou ressaltar um importante ângulo que forma o rosto. A linha da mandíbula define o traço que divide o rosto e o pescoço, sendo possível, também, amenizar as "bolsinhas de gordura" que, muitas vezes, se formam nas laterais do queixo.

Pode, também, criar o alargamento do terço inferior da face, indicado para rostos no formato oval ou triangular. Nesse procedimento, assim como nos demais de bioplastia, o paciente acompanha todo o precesso acordado e opinando quanto aos resultados.

Bioplastia em maçã do rosto:

A bioplastia na região da maçã do rosto ajuda na definição da maxila, além de influenciar no jogo de luz que incide sobre a face. Esse tratamento também atua na volumetria que é perdida com os efeitos do envelhecimento.

Bioplastia de queixo:

A bioplastia de queixo (ou bioplastia de mento) tem sido um procedimento cada vez mais procurado nas clínicas que trabalham este procedimento. A ideia de harmonia da face sugere que a linha anterior do mento precisa estar exatamento no mesmo nível em que está a linha da glabela. Dessa forma, a bioplastia de queixo vai trabalhar esse volume e alinhar estas medidas.